Destaques

Professor de administração dá dicas para o concurso público da AGU

02/10/2018 17:33 | Atualização: 02/10/2018 19:32

Lorena Pacheco

Reprodução/Internet/D.A Press
AGU

O cargo que tem a maior oferta de vagas no concurso público da Advocacia-Geral da União (AGU), lançado nesta terça-feira (2/10), é o de administrador, com 48 oportunidades. Com as provas marcadas para daqui dois meses, em 9 de dezembro, o site de Concursos conversou com o professor Bruno Eduardo Martins, de administração pública do Gran Cursos Online, que acredita que dois meses é tempo suficiente para estudar para a seleção e ser aprovado.

 

De acordo com o especialista, sempre cai, em provas de concursos para o cargo, temas como a evolução da administração pública, as funções do administrador, o planejamento estratégico e gestão de processos, além da organização da administração pública brasileira. “O Decreto 200, que estrutura a administração pública também é sempre cobrado.” 

Martins ainda frisa que as bancas sempre gostam de associar o governo com o seu respectivo tipo de administração. “É importante lembrar as épocas de governo presidencial e seu tipo de gestão administrativa, como por exemplo: o governo de Getúlio Vargas era burocrático, o governo de JK flexibilizou a burocracia, o regime militar descentralizou a administração, já o governo FHC era característico pelo gerencialismo, entre outros”. 

Para não perder o desânimo, Martins aconselha que o concursando comece a se preparar pelas matérias mais técnicas, porque elas costumam gerar certa desmotivação e desgaste, e deixar aquelas disciplinas que tiver mais afinidade e domínio para dedicação em uma segunda etapa dos estudos. “Mais para perto das provas, o aluno deve estudar as matérias que tem mais segurança, mas também não pode esquecer de revisar as técnicas já estudadas.” 

Sobre a disciplina de gestão por processo, o professor alerta: “O guia tem cerca de 400 páginas, por isso pode assustar os candidatos. O ideal é ler um capítulo por dia e manter essa constância durante o período até a aplicação dos testes”. 

Divulgação/Gran Cursos Online
Professor Bruno Eduardo: “É preciso saber estudar e descansar”

Sobre a dissertação, o professor acredita que há de 60% a 70% de chances de administração pública ser o tema cobrado pelo Idecan, a banca organizadora do concurso da AGU. “Temas como planejamento estratégico e ferramenta específicas podem cair. Já teve prova também que cobrou recentemente a evolução da administração publica em redação, por isso é um tema que merece relevância.” 

Feriados

Para tentar vencer o edital e estudar todas as matérias até o dia da avaliação, o especialista alerta os concursandos para tomar cuidado com a quantidade de feriados de outubro e novembro. São cinco feriados até as provas e é preciso cuidado. “A tendência das pessoas é aproveitar as folgas e prometer compensar estudando depois, mas é preciso ter consciência de que não vai dar tempo. O conteúdo programático é extenso. Os feriados devem ser aproveitados para estudar. Claro que o candidato pode e deve descansar durante cerca de um hora durante a preparação, mas é preciso saber descansar e saber estudar.” 

Provas

As avaliações serão aplicadas em 9 de dezembro. Quem concorrer aos cargos de administrador, arquivista, contador e técnico em assuntos educacionais serão avaliados pela manhã, das 9h às 13h30. Já quem concorrer a analista técnico administrativo, bibliotecário e técnico em comunicação social farão as provas na tarde, das 15h às 19h30. Todos no horário de Brasília/DF. 

As provas objetivas serão compostas por 60 itens, sendo 10 de língua portuguesa, 10 de conhecimentos gerais, cinco de raciocínio lógico, cinco de noções de informática e 30 de conhecimentos específicos. Saiba tudo sobre o edital em: Desvendando o edital: Confira todas as etapas do concurso da AGU

http://concursos.correioweb.com.br/app/noticias/2018/10/02/noticiasinterna,38670/professor-de-administracao-da-dicas-para-o-concurso-publico-da-agu.shtml

CBN – Mundo Corporativo entrevista o consultor Karim Khouri

Uma excelente entrevista com o Consultor Karim Khouri que aborda temas como reuniões, resultados da equipe, atitudes do líder, dentre outros pontos.

“Há gestores que não gostam quando seus colaboradores levam até eles problemas que estão enfrentando em suas áreas. Por outro lado, aqueles que demonstram habilidade para contribuir com a solução conseguem ter equipes mais bem engajadas.”

3° Aulão Online – AFO, dia 12/7 às 20h.

Aulão Online de Orçamento Público – 12/7/2015, 20h.

Clique aqui para acessar o material em PDF.

Curso de SIAFI Operacional e Tesouro Gerencial

SIAFI ESAFISabe aquele curso que tem tudo para dar certo? Sim, é o de SIAFI e Tesouro Gerencial, dobradinha! Uma novidade para o ano de 2015, pois além de o servidor se capacitar no quesito de executar o orçamento, com elaboração de empenho, procedimentos de execução (liquidação) e encerrando com os pagamentos irá também construir uma consulta dos pagamentos realizados por natureza de despesa, como diárias, contratos, suprimentos, entre outras despesas.

Você, servidor público, não pode perder essa dobradinha, SIAFI e Tesouro Gerencial em um só curso!

 

Curso de Gerenciamento de Projetos PMI

MI PMIMais um curso saindo para o mês de setembro aos servidores do Ministério da Integração. Estamos em fase de elaboração do projeto básico a fim de realizar a requisição, e assim repetir a dose de conhecimentos aplicada em 2014, quando tivemos a oportunidade de realizar dois cursos de Projetos – PMI.

Novos colegas, novos gerentes, novos servidores capacitados nessa técnica que apresenta ferramentas objetivas a fim de realizarmos, dentro do prazo, custo e qualidade, os projetos que almejamos no setor público.

 

Novidades no AR

IMG_7711Novidades!!! A cada dia gravamos um pouco mais sobre essa matéria que é uma grande dificuldade para muitos, porém, considero uma disciplina tranquila, porém complexa.

Com a mesma didática da sala de aula, explicações sobre Orçamento Público, especialmente para você que está se preparando para concursos públicos de carreiras administrativas e fiscais.

O primeiro bloco de conteúdo será uma noção geral de forma mais tranquila, depois teremos o bloco de exercícios e também o bloco para aprofundar ainda mais a parte do orçamento. De quebra, na sequência, iremos gravar Lei de Responsabilidade Fiscal, a fim de deixar um pacotão de AFO.

Coaching para Concursos Públicos

É cada vez mais comum encontrar diversos profissionais que atuam como Coaching para Concursos, mas duas perguntas que você deve ter as respostas:

1ª – O que é coaching?

2ª – O profissional é habilitado para este desafio?

Respondendo a primeira pergunta temos os seguintes conceitos extraídos do Portal IBC (http://www.ibccoaching.com.br)

Coaching é o processo de desenvolvimento pessoal ou profissional, que o profissional Coach conduz em seu Coachee. Esse processo é o ato de ajudar uma pessoa ou instituição a atingir seus objetivos e metas despertando todas as suas capacidades.

Coach é o profissional que exerce a profissão de Coaching, seja para uma empresa ou para um indivíduo específico. Ele é o responsável por treinar o seu Coachee baseando-se em técnicas e metodologias do Coaching que são capazes de trabalhar o desenvolvimento pessoal e humano de cada um, valorizando sempre as competências individuais, além de relaciona-las a um processo de evolução contínua.

O Coachee é o indivíduo que passa pelo processo de Coaching. No caso, o cliente que está sendo instruído e liderado por um Coach.

Em relação à segunda pergunta, o Professor Bruno Eduardo, Administrador e Especialista em Projetos, registrado no Conselho Regional de Administração e participante do Projeto do Conselho Federal de Administração do Programa de Consultorias é profissional habilitado e experiente em aprovar alunos. Professor de concursos públicos desde 2004, quando ainda estudava para concurso, utilizou sua técnica em planejamento para resultados e obteve sua primeira aprovação no concurso público da Anatel, em 1ª colocação. Obteve ainda aprovação nos concursos do Superior Tribunal Militar, Ministério Público da União e Secretaria de Gestão Administrativa do DF. Essa técnica envolve diagnóstico do aluno com estabelecimento de metas de curto prazo e elaboração do plano de estudo.

Já a Professora Luana Chaves, Pedagoga, Especialista em Psicopedagogia e Mestranda em Psicanálise é profissional habilitada e experiente em desenvolvimento pedagógico com o diagnóstico das dificuldades de aprendizagem e orientação aos resultados. Servidora pública, obteve aprovação nos concursos da UNB, em 3ª colocação. Conseguiu também êxito no concurso da Secretaria de Educação do DF.

Unindo a experiência do casal Martins e suas respectivas formações e habilitações, o aluno que buscar nosso trabalho terá a garantia de um excelente trabalho com resultados de médio prazo. O casal já orientou parentes e amigos com dicas de estudos e no final o resultado era o esperado, sucesso em aprovações.

Após esses resultados decidiram então oferecer o trabalho de Coaching para Concursos Públicos, ou melhor, Consultoria para Concurseiros que encontram dificuldades em obter resultados com os estudos.

Caso tenha interesse nesta solução procure informações sobre valores, envie um email para [email protected] e solicite maiores esclarecimentos.

Site em atualização

Novo site, ainda em atualização!

Em breve estarei publicando materiais, novidades, vídeos, dicas, e muito mais! Novo site, novo visual, nova plataforma, estando cada vez mais interativo com vocês, alunos e servidores!

1